quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

O mundo anda louco e a culpa é do Mr. Grey !

 
(Este texto não é da minha autoria) (autora: Ana Luísa Bernardino in NIT )
 
 "Há coisas sobre o livro, o filme e o resto do mundo






É um dos filmes mais aguardados do ano. O primeiro filme da trilogia baseada no livro da escritora E.L. James estreia esta quinta-feira, 12 de fevereiro, em PortugalA história de "As 50 Sombras de Grey" é conhecida: trata-se de uma relação obsessiva e promiscua entre uma estudante, Anastasia Steele, e um homem rico e poderoso chamado Christian Grey.
O que poucas pessoas sabem é que, na vida real, os protagonistas do filme não têm química nenhuma, que existe um hambúrguer inspirado no filme ("15 shades of bacon") ou que Angelina Jolie ainda pensou em realizar o filme.  
A NiT recolheu 50 curiosidades que englobam factos (e alguns rumores) sobre o livro, sobre o filme e sobre tudo o resto.

Sabia  que o livro...


 
1. Começou por existir em formado online, com o nome "Masters of Universe", e foi pensado como uma versão "mais atrevida" do filme "Crepúsculo". 
 
2. A  autora do livro E.L. James utilizava o nome 'Snowqueens Icedragon' e decidiu retirar a componente vampírica para transformar o personagem de Edward Cullen num bilionário dominador (Christian Grey) e a personagem de Bella Swan numa estudante submissa (Anastasia Steele).
 
3. A primeira publicação de "50 Sombras de Grey" foi criada em formato de e-book e apenas era possível imprimi-lo por encomenda.
 
4. Depois de sair em 2012, foram vendidas mais de 100 milhões de cópias do livro em todo o mundo. Um número que ultrapassou as vendas dos livros da saga da autora britânica J.K Rowling, "Harry Potter", e do "Código Da Vinci", de Dan Brown. 
 
5. E.L James nunca tinha estado em Seattle (que é onde decorre a história do livro e do filme). Ela utilizou o Google Street para ver as ruas da cidade e descrevê-las no livro.
 
6. O livro foi proibido em várias bibliotecas nos Estados Unidos por causa da sua forte "natureza gráfica". 

Sabia que o filme...




7. O trailer do filme "As 50 Sombras de Grey" foi o vídeo com mais visualizações no YouTube, em 2014: 40 milhões. 
 
8. Em 2012, vários estúdios lançaram-se numa guerra pelos direitos do filme. A empresa de produção do ator Mark Wahlberg foi uma das primeiras a mostrar interesse, mas desistiu quando o projeto se tornou demasiado caro. A autora do livro optou pela Universal Pictures e a Focus Features.
 
9. Os direitos do filme foram vendidos à Universal Pictures por 4,4 milhões de euros. 
 
10. A escritora, que nas condições para a produção do filme exigiu que ela também pudesse ter controlo criativo, é uma das co-produtoras, ao lado de Michael De Luca e Dana Brunetti, que produziram os filmes "Captain Phillips" e "A Rede Social".
 
11. Angelina Jolie foi uma das interessadas em realizar o filme "50 Sombras de Grey", mas não avançou com a proposta porque o registo do filme vai contra a linha mais séria que ela prometeu seguir na sua carreira. 
 
12. Joe Wright, que realizou o filme "Orgulho e Preconceito", também foi uma das possibilidades para o dirigir, mas o papel de realizador acabou por ser atribuído à britânica Sam Taylor-Johnson. 
 
13. Sam Taylor-Johnson admitiu que durante a produção teve alguns desentendimentos com a autora do livro. Rumores falam numa discussão entre as duas por causa do final do filme: Johnson queria que a personagem Anastasia dissesse "Red", como palavra de segurança que está referida no livro, e a autora queria que o termo fosse "Stop". Ganhou a realizadora. 
 
14. O autor do livro "American Psycho", Bret Easton Ellis, ficou feliz por poder escrever o argumento do filme, mas Kelly Marcel, guionista de "À Procura de Mr. Banks" foi o escolhido para reeditar o argumento. 
 
15. Apesar da história do livro decorrer em Seattle, parte das filmagens foram realizadas em Vancouver, no Canadá, cidade dupla do filme. 
 
16. A realizadora não quis exagerar nas imagens explícitas do filme. Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, Johnson disse: "Eu não queria que fosse graficamente explícito e sei que isso vai ser uma desilusão para muitas pessoas. O importante é a construção e excitação do toque da sensualidade."
 
17. A realizadora decidiu tratar as cenas de sexo como se fossem cenas de acção: "Senti que era muito importante que todas as cenas de sexo tivessem caracteres diferentes."


 
18. O tema de 2008 "Crazy In Love", de Byoncé, foi reeditado numa versão diferente para o filme. A banda sonora também inclui o tema "Beast of Burden", dos The Rolling Stones. 
 
19. De acordo com o jornal Sunday Times, há uma cena de sexo a cada cinco minutos de filme.
 
20. Além dos rumores de que Ryan Gosglin ou Zac Efron podiam ficar com o papel de Christian Grey, a personagem era mesmo para ter sido interpretada por Charlie Hunnam, da série "Sons of Anarchy".
 
21. Charlie Hunnam saiu do projeto porque a rodagem da série iria interferir com a do filme.
 
22. Jamie Dornan, que vai interpretar Christian Grey, tem 32 anos, é um antigo modelo da marca Calvin Klein, que namorou com a atriz Keira Knightley durante dois anos e que é agora casado com a atriz Amelia Warner ("Mansfield Park"), com quem tem um filho.  
 
23. Para construir a personagem, o ator Jamie Dornan visitou uma masmorra de sexo. Em entrevista à revista Elle disse: "Foi uma noite interessante. Depois voltei para junto da minha mulher e filho bebé. Tomei um longo banho antes de lhes tocar".
 
24. Dakota Johnson tem 25 anos, é a filha dos atores Melanie Griffith e Don Johnson, e foi escolhida para o papel de Anastasia. . 
 
25. O casting para a personagem de Anastasia incluía um monólogo de quatro páginas do filme "Persona", do realizador Ingmar Bergman.
 
26. Para o papel de Anastasia Steele, houve várias possibilidades: Poots, Elizabeth Olson, Alicia Vikander,  Mila Kunis, Kristen Stewart, Nina Dobrev e Emma Watson. 
 
27. Sobre os rumores da possível interpretação do papel de Anastasia Steele, Emma Watson, chocada, publicou na conta do Twitter: "Quem é que aqui acredita mesmo que eu faria o filme 'As 50 Sombras de Grey'? A sério. Na vida real."
 
28. Segundo alguns rumores, os protagonistas do filme não têm uma boa relação. De acordo com a revista online Hollywood Elsewhere, eles "não tinham química nenhuma". A quatro meses do lançamento do filme, os atores foram obrigados a gravar de novo as cenas mais intimas.
 
29. Até a 5 de fevereiro, já foram vendidos por todo o mundo 5,275 milhões de bilhetes.
 
30. Em Portugal, para os três primeiros dias de exibição (entre 12 e 14 de fevereiro), as sessões noturnas para o visionamento do filme estão praticamente esgotadas. Dois meses depois do início da iniciativa de pré-vendas, já foram comprados mais de 19 mil bilhetes. 
 
31. No filme, o apartamento de Christian Grey é decorado com mais de 30 peças de mobiliário português. Entre eles estão um armário de bar, uma mesa, uma vitrina, um armário, uma arca, um aparador e um biombo. As peças, que não sofreram qualquer alteração para entrarem no filme, são do grupo português “Menina Design”. A produtora do filme gostou da identidade das marcas e do design original das peças. 

Sabia que no resto do mundo... 



 
32. A apresentadora de televisão, atriz e empresária Oprah Winfrey é uma das maiores fãs do livro. "Fiz o download de todos os romances e pela primeira vez posso ter algum 'guilty pleaure'. Enquanto leio, penso: 'chega de história, vamos às partes sumarentas'", contou à revista feminina americana, Harper's Bazar. 
 
33. January Jones, atriz conhecida por interpretar o papel de Betty Draper na série "Mad Men" fez uma comparação na sua conta de Instagram entre o cartaz de publicidade da Universal Pictures do filme "As 50 Sombras de Grey" a um da série da AMC. Na legenda pode ler-se: "Há mais alguém que ache isto familiar?". De facto, são parecidos: os dois mostram um homem de fato escuro, de costas, em frente a uma janela panorâmica de um arranha-céus.  
 
34. Existe um vídeo musical do grupo de YouTube americano AVbyte, com 1,829,514 milhões de visualizações, que retrata os três tipos de leitores do livro: os que adoram, os que odeiam e os que escondem. 
 
35. Inspirado no filme, o restaurante Custom House em Barnstaple, em Devon, nos Estados Unidos, criou um hambúrguer chamado 'The 15 Shades of Bacon Burger', que inclui 15 diferentes tipos de bacon. 
 
36. O dono do hotel britânico Damson Dene, substituiu as bíblias que estavam nas mesas de cabeceira dos quartos pelo livro "As 50 Sombras de Grey". A notícia é de 2012 e foi publicada no site de notícias americano, Huffington Post
 
37. Depois do lançamento do livro, as vendas de fita adesiva, algemas e corda dispararam nos Estados Unidos.
 
38. O Hotel Infante Sagres, no Porto, vai recriar, para o Dia dos Namorados, o cenário do filme "As 50 Sombras de Grey", com móveis iguais aos do filme, algemas, gravatas e máscaras. 
 
39. Nos Estados Unidos, professores fizeram testes a páginas dos exemplares dos livros de "As 50 Sombras de Grey" que estavam nas bibliotecas. Os resultados foram positivos para herpes e cocaína.
 
40. A multinacional inglesa de bricolage e construção B&Q prevê um enorme aumento na venda de produtos como cordas, braçadeiras e fita-cola depois da estreia do filme "As 50 Sombras de Grey". Foi por isso que elaborou um memorando interno que circulou pelos 21 mil trabalhadores, das 359 lojas da marca, que pede para que os funcionários se familiarizem com o livro de forma a responderem "com sensibilidade" às perguntas do cliente sobre o uso sexual dos materiais. Entrega de exemplares também integra o plano da multinacional inglesa. Já em 2012, quando o livro foi lançado, a empresa registou um aumento na procura destes produtos. 
 
41. Um homem sueco foi acusado de matar a namorada alemã num jogo sexual inspirado no livro "As 50 Sombras de Grey". O homem de 31 anos bateu na mulher 123 vezes com um ponteiro negro de madeira, enquanto ela estava amarrada com collants de nylon e preservativos. 
 
42. Não tem qualquer uso sexual, é meramente decorativo e foi criado a propósito do Dia dos Namorados e do lançamento do filme. A marca de peluches Vermont Teddy Bear recriou a personagem Christian Grey, em versão urso. O boneco está vestido com um fato e gravata enquanto agarra numas algemas e numa máscara. 
 
43. Chocada com o livro, uma associação contra abusos sexuais pediu às pessoas para doarem livros de "As 50 Sombras de Grey" para depois serem todos queimados numa fogueira. Como só receberam 24 exemplares, optaram por reciclá-lo em forma de papel higiénico.
 
44. Nos Estados Unidos, depois de uma mulher ter lido algumas passagens do livro, o marido foi preso por lhe atirar molho de carne para a cara. Ele queria que ela percebesse o verdadeiro significado da palavra picante.
45. O livro gerou divórcios: um casal americano separou-se porque o marido não quis recriar uma cena sexual do livro "As 50 Sombras de Grey". Foi ela quem pediu o divórcio. 
 
46. "Pornografia para mamãs" ou "mommy porn" foi o nome criado para caracterizar o livro "As 50 Sombras de Grey". 
 
47. A venda de bolas de geisha disparou 400% em todo o mundo depois de o livro ter sido publicado. 



48. A encomenda massiva de exemplares do livro atrasou a  falência de uma empresa de papel, em 2012.  Era britânica e chamava-se Great Northen Paper. Acabou por falir à mesma.
 
49. Um estudo da Universidade de Michigan, nos EUA, revelou que as mulheres que lêem "As 50 Sombras de Grey" têm mais tendência a ter distúrbios alimentares e de álcool, que podem ser agravados com a leitura deste livro. 
 
50. Vão dos 3 meses aos três anos as roupas de bebé inspiradas no filme "As 50 Sombras de Grey". Calma, só têm frases baseadas no best-seller.  "Sou um produto de 'As 50 Sombras de Grey'",  "Há nove meses atrás a minha mãe leu 'As 50 Sombras de Grey'", ou "A minha mamã finge que o meu pai é o Christian Grey" são alguns exemplos de frases que aparecem em produtos para bebés (camisolas, babetes, babygrows) vendidos online."