segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Welcome February !


Fevereiro. . . e o tempo passa a correr.
Fevereiro. . . para muitos/as, é o mês do amor e da paixão. Sinceramente, considero este mês uma piroseira pegada ! O amor não tem mês fixo, data fixa, hora fixa, minuto fixo, segundo fixo e tudo acabado em -ixo. O amor é todos os dias, todas as horas, todos os minutos e todos os segundos. Estas tretas do 14 de Fevereiro e afins não passam de estratégias de marketing.
Respeito quem celebre a data, mas e no resto do ano o que fazem? Metem cornos? Discutem? Dormem em camas separadas? Há muito que risquei o dia 14 do meu calendário. Para mim não passa de um dia como os outros. Calma. Não me ataquem já com tretas "ai que insensível, que mal amada e blábláblá" . Eu namoro e adoro o meu namorado, inclusivé, digo-lhe várias vezes, não fico à espera de uma data especial para lhe dizer. Quando se proporciona, vamos jantar fora ou passamos o fim-de-semana em algum lado e por aí. . . 
Sinceramente, nunca percebi aquelas pessoas das rosinhas vermelhas e dos chocolatinhos com corações e afins. Leva-me a concluir que os outros 364 dias do ano são uma monotonia medonha. 
O mais engraçado é que 99.99 % dos casais, no dia 14 de Fevereiro, vão estar todos a fazer a mesma coisa: sexo, ou o amor, ou o coito ou lá o que queiram chamar ! Como conseguem? Nesse dia faço greve. Aproveito o resto do ano.
Sejam originais ! Não caiam nas tretas do marketing.
P.S.: É engraçado o Carnaval ser no mesmo mês do amor. Será coincidência?